13 fevereiro, 2011

Romã: novos estudos

Posted in alimentação, fitomedicina, fitoterapia, frutas às 2:50 pm por Marcelo Guerra

Ela surgiu na região do sudoeste asiático, entre o Mediterrâneo e o Irã, e, nos textos bíblicos, é associada às paixões e à fecundidade. Na crença popular nacional, atrai dinheiro. Para pesquisadores, as sementes e a polpa da romã, o fruto da romãzeira, têm muito mais poderes: um alto teor de flavonoides (antocianinas) e outros potentes antioxidantes, como vitamina C, e ação de proteção contra câncer. Tanto que especialistas da Embrapa Agroindústria de Alimentos, em parceria com a Embrapa Semiárido, em Petrolina (PE), e a UFRJ iniciaram estudos visando melhorar a produção do fruto no Brasil e estimular o seu consumo entre os brasileiros.

E eles têm bons motivos para apostar nessa pesquisa. Estudos prévios, realizados na Universidade de Baroda, na Índia, já mostraram que a romã tem três vezes mais capacidade antioxidante que o vinho e o chá verde – tradicionalmente os mais incensados por tal característica.

E, apesar de os médicos ainda não recomendarem seu consumo para prevenir ou tratar doenças da próstata, inclusive o câncer na glândula, uma investigação da Universidade da Califórnia indicou que o suco de romã diminui a velocidade de aumento do antígeno prostático específico, o PSA, um marcador para o tumor maligno. Segundo os primeiros resultados, a bebida ajudaria a reduzir a multiplicação de células cancerígenas.

Nessa pesquisa, apresentada há dois anos no Congresso Americano de Urologia, médicos acompanharam 48 pacientes por seis anos. Eles bebiam cerca de 240ml de suco de romã por dia. Entre 15 e 60 meses depois, 60% dos pacientes apresentaram redução do PSA.

Isso é bem provável, afirma Regina Isabel Nogueira, coordenadora da pesquisa com a romã na Embrapa. Até porque as propriedades antiinflamatórias e vermífugas do fruto são conhecidas há bastante tempo:

– A romã pode ser considerada um dos melhores alimentos funcionais, isto é, além de nutrir, ela traz benefícios à saúde. É um potente antioxidante que auxilia na eliminação de excesso de radicais livres no organismo, as moléculas que em grande quantidade aceleram o envelhecimento e favorecem o aparecimento de doenças.

O problema é que há poucas áreas no Brasil, como o semiárido nordestino, onde o fruto pode ser cultivado em grande quantidade e com qualidade. Daí a importância do estudo da Embrapa. Os pesquisadores buscam produzir o melhor fruto – adaptado ao solo e ao clima brasileiro – entre espécies selecionadas lá fora, e usá-lo de diferentes maneiras. Tudo será aproveitado.

– Precisamos ver, por exemplo, se a atividade antioxidante encontrada no fruto cultivado aqui será tão boa quanto o produzido lá fora. Trouxemos espécies de diferentes países e estamos analisando vários aspectos. Por exemplo, algumas frutas são mais doces, outras nem tanto – diz Regina. – Ainda não sabemos qual vai se adaptar melhor e terá o sabor mais agradável ao paladar brasileiro.

Consumo também em forma de suco

A romã pode ser consumida em forma suco (inclusive em pó). Já o seu óleo é obtido por prensagem das sementes. A pesquisa ainda prevê a opção de cristalizar a casca, expondo-a em contato com a calda de açúcar para reduzir em até 50% o teor de água. Com isto, aumenta-se o tempo de conservação da fruta e seu peso e volume diminuem, gerando economia no custo de transporte, além de adocicar seu sabor levemente ácido.

– Esse processo é simples e pode despertar o interesse de produtores. A romã poderá ser consumida de forma semelhante ao gengibre cristalizado – explica. – O mercado para produtos extraídos da romã é grande em todo o mundo. Porém, in natura, ainda é um fruto caro para a maioria da população. Cerca de um 1kg sai por quase R$ 15. Porém se conseguirmos uma boa mistura, de qualidade, o consumidor não precisará comprar tantos frutos para ter seus benefícios.

No Brasil, o chá à base de casca de romã tem sido consumido como antibiótico, mas isso ainda precisa ser mais bem pesquisado, assim como os benefícios de outras formas de preparo da fruta. Sementes, casca e polpa estão sendo estudados.

Fonte: O Globo

Anúncios

12 outubro, 2008

Abacate no Globo Repórter

Posted in alimentação, comida, frutas tagged , , às 10:18 am por Marcelo Guerra

Força, energia, concentração e muito preparo físico. Em uma academia de caratê, em Campinas, no estado de São Paulo, instrutor e alunos se dedicam a um esporte que em apenas uma hora de prática consome 400 calorias. É um grande esforço para os músculos e um desgaste para os ossos e as articulações.

Mas o médico Edson Credídio, faixa preta desde a adolescência, tem a solução. O nutrólogo é defensor e apreciador ferrenho do abacate. Ele acredita que a fruta não deve faltar na alimentação dos atletas.

“Evita a câimbra pelo alto teor de potássio. Ele é importante, porque apresenta polifenóis, que ajudam a recuperar e a proteger as cartilagens nas articulações. Então, é um complemento que todo o atleta deveria utilizar”, explica o médico.

Só de potássio, o abacate tem 485 miligramas em cada cem gramas do fruto. É o dobro da banana. Na academia, o médico recomenda o abacate aos alunos, assim como faz com seus pacientes há 28 anos. Segundo ele, para prevenir uma série de doenças.

“Evita doenças crônico-degenerativas, processos alérgicos, processos reumáticos, doenças auto-imunes. Eu uso para tudo, só que inserido em um plano pessoal”, afirma doutor Credídio.

Acontece que o abacate, apesar de gostoso, tem fama de engordar. Por isso, não é muito bem visto.

“Todos nós achávamos que era gorduroso”, diz uma mulher.

“Sempre acharam que aumentaria o colesterol”, comenta um aluno da academia.

“Pelo fato de ter óleo, ele tem um alto teor energético. Cada 100 gramas tem 170 calorias. Só que você põe uma quantidade menor, por exemplo, em um leite desnatado ou come com limão. Então, fica pouca caloria. Compensa pelo benefício”, explica doutor Credídio.

Benefícios que pesquisadores do curso de engenharia de alimentos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) estudam já há dois anos. Orientado pela professora Glauce Pastore, doutor Edson Credídio quer comprovar cada uma das propriedades do abacate na sua tese de doutorado. Os estudos feitos no laboratório mostram que o abacate é tão bom para o nosso organismo quanto o azeite extra-virgem.

“A grande vantagem é que nós encontramos o abacate o ano todo. Ele tem uma diversidade muito grande. No Brasil, temos mais de cem espécies diferentes. Então, você consegue encontrar o ano todo. O benefício que ele causa é aumentar o colesterol bom e reduzir o colesterol ruim, levando à prevenção de doenças cardiovasculares”, diz o médico.

A constatação de que o abacate podia aumentar o bom colesterol bom precisava ser comprovada cientificamente. Um desafio que levou o pesquisador até o Comando de Policiamento do Interior, o CPI2.

O grupo de policiais foi considerado ideal para o estudo, porque as pessoas que fazem parte dele têm várias características parecidas. São homens e mulheres na mesma faixa de idade, entre 25 e 45 anos. Eles possuem hábitos de alimentação e de atividade física bem semelhantes. E todos têm uma profissão que provoca muito estresse.

E o estresse é uma ameaça. Para reagir, consumimos nossas reservas, inclusive o colesterol bom, o HDL. A proposta para os militares do CPI2 era consumir um abacate pequeno por dia: metade no almoço e a outra metade no jantar.

“No começo, eu estava meio cético. Como uma fruta que é tão gordurosa pode melhorar o colesterol? Eu achei até estranho”, conta o terceiro sargento da Polícia Militar de São Paulo, Alex Sandro Menegão.

O sargento Alex Sandro tinha boas razões para ter receio. Pouco antes do teste, teve diagnosticado um problema de hipotireoidismo. “É uma alteração na glândula tireóide que faz com que o metabolismo tenha problemas. Então, o colesterol aumenta na circulação. Eu tinha níveis de colesterol altíssimos. Eu ia ter que tomar remédios e medicamentos para controle do colesterol”, lembra.

Setenta policiais aderiram ao programa durante dois meses. Nada mudou na alimentação deles, a não ser a entrada do abacate.

“Eu não quis interferir na dieta para mostrar a eficácia real do fruto do abacate”, explica o médico.

Os exames de sangue foram realizados antes e depois do estudo. O resultado surpreendeu.

“A principal conclusão dessa pesquisa foi que 99% dos policiais participantes tiveram uma melhora do colesterol HDL, que é bom colesterol”, informa doutor Credídio.

O sargento Alex Sandro e a soldado Cristina Proença apresentaram as mudanças mais significativas. O HDL, o colesterol bom, da soldado Cristina subiu 20% ao final dos dois meses. O sargento Alex Sandro apresentou uma melhora geral do quadro dele: redução do colesterol total e aumento do HDL.

“Eu me senti mais disposto e mais humorado. Só o fato de saber que não estou mais doente e que não tenho mais nenhum problema é ótimo. Então, eu vou prosseguir nessa dieta. Já é o suficiente, não preciso tomar nenhum tipo de medicamento, nenhuma droga. Acho mais natural”, diz o sargento.

“O ideal seria uma porção por dia, o que corresponde a duas colheres de sopa. Isso seria introduzido em um plano alimentar balanceado”, orienta doutor Credídio.

2 julho, 2008

Melancia é Viagra Natural

Posted in frutas, sexo tagged , , às 12:56 pm por Marcelo Guerra

>> Deu no Extra de hoje:

A fruta é saborosa e suculenta, mas só se transformou em paixão nacional depois que virou “sobrenome” e foi parar na revista “Playboy” acompanhada de sua mais ardorosa defensora, a Mulher Melancia. Agora, ela – a fruta – tem tudo para virar uma febre: cientistas da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, descobriram que a melancia pode ter um efeito semelhante ao do Viagra.

Diretor do Centro de Aprimoramento de Frutas e Vegetais da universidade, Bhimu Patil afirma que a melancia tem ingredientes que produzem efeitos nos vasos sangüíneos semelhantes aos do Viagra e podem também aumentar a libido – e olha que ele nem conhece nossa Andressa Soares!

– Quanto mais estudamos a melancia, mais percebemos o quanto essa fruta é maravilhosa em fornecer fortificantes ao corpo humano – diz Patil, em entrevista ao site do Programa de Agricultura da universidade.

Andressa, a Mulher Melancia, comemora a descoberta dos americanos:

– Esse estudo vai fazer os homens comerem ainda mais melancia! Achei ótimo. Além disso, a fruta é bem mais barata do que o Viagra – diz Andressa.
Citrulina relaxa vasos sangüíneos

Os ingredientes benéficos à saúde encontrados em frutas e legumes, em geral, são conhecidos como fitonutrientes. Na melancia, são encontrados fitonutrientes como o licopeno e o betacaroteno. Mas o fitonutriente presente na melancia que tem atraído a atenção dos cientistas é a citrulina, que tem a capacidade de relaxar os vasos sangüíneos, da mesma forma que age o Viagra.

Durante a digestão, a citrulina é convertida em arginina por enzimas.

– A arginina estimula a produção de ácido nítrico, que relaxa os vasos, o mesmo efeito básico que o Viagra tem para tratar a impotência e até mesmo preveni-la – afirma Patil.
Sem efeito colateral

Os cientistas afirmam ainda que uma quantidade extra de ácido nítrico no organismo pode também ser útil no tratamento de problemas cardiovasculares.

– A melancia pode não ser tão direcionada ao órgão em questão como o Viagra, mas é uma ótima maneira de relaxar os vasos sangüíneos sem nenhum efeito colateral – diz Patil.

Como a citrulina, precursora da arginina, é encontrada em maior concentração na casca da melancia do que na polpa, cientistas da Universidade do Texas tentam agora desenvolver variedades de melancia com maior concentração de citrulina na polpa.Categorias do Technorati , ,

10 janeiro, 2008

Romã, a Fruta do Amor e da Saúde

Posted in frutas às 12:30 pm por Marcelo Guerra

roma_frutos.jpg

Os gregos antigos faziam oferendas à deusa Afrodite, a deusa do amor, com romãs, porque eles acreditavam que a romã era a fruta que alimentava o amor. Outros consideram a romã a fruta da sorte e comem romãs na passagem de ano e guardam algumas sementes para ter sorte o ano inteiro.  Além de sorte e amor, a romã é a fruta da saúde, tantos são seus efeitos benéficos.

Seus princípios ativos são: manita, ácido gálico, pelieterina, isopelieterina, grenadina, puricina e tanino. A romã é rica em vitamina A, que ajuda a manter a pele bonita e saudável e ajuda a visão. Também é rica em vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B5, B6), que auxiliam a circulação, aumentam a resistência às infecções, facilitam a eliminação de líquidos, previnem o estresse. Contém também pequenas frações de ferro e cálcio.

Auxilia nos seguintes problemas de saúde:

  • Diarréia e cólicas: preparar um chá com a casca da fruta, fervendo por 10 minutos uma quantidade de 2 colheres de sopa em 1 litro de água. Deixar esfriar e coar. Pode adoçar com mel ou açúcar. Tomar 1 xícara 4 vezes ao dia.
  • Dor de garganta ou inflamações na boca: esta é a indicação mais famosa! Melhora as inflamações de garganta e as aftas bucais. O ideal para esta finalidade seria um chá com as flores da romãzeira, mas são difíceis de serem encontradas, e as folhas também servem. Ferver 1 colher de sopa cheia de folhas e/ou flores da roãzeira em 1/2 litro d’água. Coar, deixar esfriar. Gargarejar várias vezes ao dia. Nas farmácias de homeopatia já existem prontos sprays de romã, que têm a mesma função.
  • Furúnculos e abscessos: usar as folhas amassadas em um cataplasma quente, mas NÃO fervendo, e colocar sobre as lesões que estejam FECHADAS.
  • Solitária: a solitária é uma doença causada por vermes, que é contraída ao comer carne de porco ou de boi cruas ou mal cozidas. Ela prende-se à parede do intestino e alimenta-se do sangue da pessoa e dos alimentos que ela ingeriu, o que vai causando uma fraqueza enorme. Este chá de romã é muito eficaz para expelir a solitária, e é preparado com a raiz. Ferver 4 colheres de sopa de raspas da casca da raiz da romãzeira em 1 litro de água, em fogo baixo, por 30 minutos. Deixar amornar, coar e tomar 1 xícara de 2 em 2 horas, num total de 3 xícaras.
  • Varizes: a romã aumenta a resistência das paredes das veias e pequenos vasos, prevenindo as varizes. Prepare o chá com a casca igual como está descrito acima e tome 2 vezes ao dia.

Romã, a Fruta do Amor e da Saúde

Posted in frutas às 11:32 am por Marcelo Guerra

roma_frutos.jpg

Os gregos antigos faziam oferendas à deusa Afrodite, a deusa do amor, com romãs, porque eles acreditavam que a romã era a fruta que alimentava o amor. Outros consideram a romã a fruta da sorte e comem romãs na passagem de ano e guardam algumas sementes para ter sorte o ano inteiro.  Além de sorte e amor, a romã é a fruta da saúde, tantos são seus efeitos benéficos.

Seus princípios ativos são: manita, ácido gálico, pelieterina, isopelieterina, grenadina, puricina e tanino. A romã é rica em vitamina A, que ajuda a manter a pele bonita e saudável e ajuda a visão. Também é rica em vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B5, B6), que auxiliam a circulação, aumentam a resistência às infecções, facilitam a eliminação de líquidos, previnem o estresse. Contém também pequenas frações de ferro e cálcio.

Auxilia nos seguintes problemas de saúde:

  • Diarréia e cólicas: preparar um chá com a casca da fruta, fervendo por 10 minutos uma quantidade de 2 colheres de sopa em 1 litro de água. Deixar esfriar e coar. Pode adoçar com mel ou açúcar. Tomar 1 xícara 4 vezes ao dia.
  • Dor de garganta ou inflamações na boca: esta é a indicação mais famosa! Melhora as inflamações de garganta e as aftas bucais. O ideal para esta finalidade seria um chá com as flores da romãzeira, mas são difíceis de serem encontradas, e as folhas também servem. Ferver 1 colher de sopa cheia de folhas e/ou flores da roãzeira em 1/2 litro d’água. Coar, deixar esfriar. Gargarejar várias vezes ao dia. Nas farmácias de homeopatia já existem prontos sprays de romã, que têm a mesma função.
  • Furúnculos e abscessos: usar as folhas amassadas em um cataplasma quente, mas NÃO fervendo, e colocar sobre as lesões que estejam FECHADAS.
  • Solitária: a solitária é uma doença causada por vermes, que é contraída ao comer carne de porco ou de boi cruas ou mal cozidas. Ela prende-se à parede do intestino e alimenta-se do sangue da pessoa e dos alimentos que ela ingeriu, o que vai causando uma fraqueza enorme. Este chá de romã é muito eficaz para expelir a solitária, e é preparado com a raiz. Ferver 4 colheres de sopa de raspas da casca da raiz da romãzeira em 1 litro de água, em fogo baixo, por 30 minutos. Deixar amornar, coar e tomar 1 xícara de 2 em 2 horas, num total de 3 xícaras.
  • Varizes: a romã aumenta a resistência das paredes das veias e pequenos vasos, prevenindo as varizes. Prepare o chá com a casca igual como está descrito acima e tome 2 vezes ao dia.

9 janeiro, 2008

Melancia para Refrescar o Calor

Posted in frutas às 2:02 pm por Marcelo Guerra

watermelonaquafresca1.jpg

Esta é uma receita fácil, rápida e muito refrescante  para estes dias super quentes.

 

  • 2 copos de água gelada
  • 2 copos cheios de melancia em pedaços, sem casca e sem caroços
  • 1/2 colher de sopa de suco de lima
  • gelo picado
  • adoçar a gosto, com açúcar ou adoçante (eu não colocaria nada)

Bater num processador ou liqüidificador, e tomar enquanto navega no Saúde Alternativa ou no Tecendo a Própria Vida.

Bom apetite!!!

6 dezembro, 2007

Abacate

Posted in alimentação, colesterol, frutas, medicina natural, triglicerídeos, vitaminas às 12:05 pm por Marcelo Guerra

180px-avocado.jpeg

Propriedades Nutricionais: O abacate é rico em vitamina E, gorduras monoinsaturadas (a mesma o azeite de Oliva), vitaminas, sais minerais e glutationa, um poderoso antioxidante. Seu acentuado valor energético é relacionado ao seu conteúdo em gorduras, responsável pelo aumento do colesterol HDL (considerado o bom colesterol, pois protege as artérias ao invés de destruí-las).
Valor Calórico: 100 gramas de abacate fornecem 162 calorias
Propriedades Medicinais: O abacate beneficia as artérias, reduz o mau colesterol e dilata os vasos sangüíneos. Sua gordura age como antioxidante, bloqueando a
toxidade do colesterol LDL, que destrói as artérias. Além disso, é um poderoso bloqueador de trinta agentes cancerígenos diferentes.

Medicina Popular:

  • Dor: Do abacate se extrai um azeite muito bom para combater localmente a dor reumática e dor da gota.
  • Diurético: O chá da folha do abacateiro tem fama de ser diurético e carminativo. É usado para eliminar cálculos renais e gases intestinais.
  • Ação intestinal: o caroço tostado e moído bem fino combate a diarréia e a disenteria.

VOCÊ SABIA?

– Ao contrário do que ocorre com a maioria das frutas, os abacates só começam a amadurecer depois de colhidos. A fruta já desenvolvida pode ser deixada na árvore por seis meses sem que se estrague. Uma vez colhido, entretanto, o abacate verde amadurece em poucos dias.

– O abacate é nativo da América Central. O México é o maior produtor.

– O abacate tem mais proteína do que qualquer outra fruta – cerca de 2g para cada porção de 110g.

Servido como parte de uma refeição ou lanche com baixo teor de gordura, o abacate contribui com alguns nutrientes importantes. Cento e dez gramas, ou seja, aproximadamente a metade de um abacate médio, fornecem 500mg de potássio e mais de um terço da necessidade diária recomendada de folato; fornece, também, 10% ou mais das necessidades diárias recomendadas de ferro, magnésio e vitaminas A, C, E e B6.

O abacate deve ser servido cru – pois ele se torna amargo quando cozido. É possível, entretanto, acrescentá-lo a pratos quentes que já tenham sido cozidos, misturando-o com um molho de massa condimentado ou em fatias sobre um peito de frango grelhado.

Rico em nutrientes, bloqueia agentes cancerígenos.
O abacateiro é uma árvore altaneira de belo porte, que chega a 20 m de altura. Suas folhas são abundantes, de cor verde ou castanho-clara. O fruto tem a forma de uma grande pêra, com uma enorme semente e polpa gordurosa, amarelada, de excelente sabor. É oriundo da América Central e cultivado em regiões tropicais. Seu nome científico é Persea gratissima Gaert e pertence à família Lauraceae.
Existem 3 tipos de abacate: o mexicano, o guatemalense e o antilhano, este último cultivado no Brasil. O avocado é uma mistura de 2 tipos de abacates e surgiu nos Estados Unidos, sendo cultivado em nosso país após 1980. Ele é pequeno, de casca verde rugosa e mais rico em gorduras monoinsaturadas, e não forma colesterol no nosso organismo.
O uso regular do abacate na alimentação beneficia as artérias, reduz o colesterol e a pressão arterial e dilata os vasos sanguíneos. O ácido oléico, seu principal componente de gordura monoinsaturada, bloqueia a toxidade do mau colesterol, conhecido como o destruidor das artérias. O abacate também age contra a prisão de ventre, perturbações digestivas. Melhora o funcionamento da vesícula biliar, é balsâmico e ajuda a normalizar distúrbios na menstruação.
Especialistas em doenças cardíacas desaconselham os ácidos graxos (gorduras saturadas) de origem animal, pois elevam os níveis de colesterol no sangue, acumulando-o nas artérias e obstruindo-as. A degeneração das veias circulatórias acaba provocando acidentes vasculares. Por isso os especialistas recomendam a ingestão de gorduras monoinsaturadas, como a do abacate.
O grupo dos ácidos monoinsaturados atua de modo seletivo, eliminando o LDL, responsável pelo acúmulo de colesterol no sangue.

O abacate é antiinflamatório, auxilia na desintoxicação do fígado. Suas substâncias ativas, testerol e lecitina, ó tornam eficaz no tratamento das artroses, reumatismo e gota. O chá de suas folhas ou o pó do seu caroço torrado e moído acabam rapidamente com diarréia. O uso do caroço triturado e tostado, em forma de chá, elimina a tênia e outros vermes intestinais.
Externamente, elimina a caspa, fortalecendo os cabelos e combatendo a calvície.

O abacate é rico em nutrientes, contém proteínas, ferro, hidrato de carbono e substâncias minerais. A sua polpa é rica em vitaminas A, B 1, B 2, E, açúcar, fitosterol, lecitina, tanino e ácido oléico, linoléico e palmítico. O abacate possui ainda glutationa, um anti-radical livre, capaz de bloquear cerca de 30 agentes cancerígenos diferentes. As vitaminas do abacate agem contra problemas da visão, participam do crescimento dos ossos e dentes, combatem os radicais livres e atuam no processo de renovação da pele. As vitaminas do complexo B facilitam o metabolismo normal dos carboidratos. A vitamina B 1 ou tiamina, protege contra a síndrome da morte súbita, controla a diabetes e é útil no tratamento de herpes. A B 2 (riboflavina), é essencial para a produção de energia do organismo e auxilia a formação da glutationa. A vitamina E, protege contra doenças cardiovasculares, estimula o sistema imunológico, protegendo contra doenças da pele. Pode formar compostos com os radicais livres, servindo como antioxidante, chamada também de vitamina da beleza. A vitamina A é necessária para a boa visão, é anticancerígena e anti-radicais livres. A vitamina C, aumenta a imunidade contra infecções, reduz o colesterol e combate a infertilidade, tendo também ação anticancerígena.
Possui os seguintes minerais: magnésio, que é essencial à vida, ajuda no metabolismo da glicose e a nutrir os nervos e o cérebro; cálcio, que combate a osteoporose; ferro, que combate a anemia tanto em gestantes como em lactantes e ajuda a formar as hemácias; fósforo, que junto ao cálcio ajuda na mineralização dos ossos e nos neurônios, melhorando o raciocínio.
A lecitina do abacate possui substâncias essenciais ao bom funcionamento do organismo, evitando obstruções nas paredes dos vasos e artérias, que dificultam a circulação, uma vez que emulsifica biologicamente as gorduras e reveste as gotículas de lipoproteínas, tornando-as dispersas e solúveis.
Uso externo:-para tratar cefaléia ou nevralgia, preparam-se as folhas em água quente, que depois de mornas são colocadas sobre a cabeça. O resultado é imediato. O chá também pode ser usado sob a forma de compressa, várias vezes ao dia.
Uso interno – em caso de gases intestinais e problemas renais, as folhas podem ser usadas como chá, tomando duas xícaras, duas vezes ao dia. Para tratar irregularidades na menstruação, pode-se usar o chá das flores, uma xícara, duas a quatro vezes ao dia. Em casos de diarréia, disenteria e vermes, usam-se os caroços torrados e moídos numa decocção de duas colheres (café) em uma xícara de água morna, três vezes ao dia.
A polpa é bastante energética; uma dose de 100 g contém 198 calorias.

É curioso: muitas pessoas acham que o abacate aumenta o colesterol, o que é um erro. Em primeiro lugar, o colesterol é uma gordura animal, então não existe no abacate. Em segundo lugar, as gorduras monoinsaturadas presentes no abacate ajudam a reduzir o colesterol e os triglicerídeos. E viva o abacate! Está chegando a época dele…

14 novembro, 2007

Banana

Posted in alimentação, comida, frutas tagged , , , às 12:37 pm por Marcelo Guerra

03_08i_banana.jpg

Propriedades Nutricionais: A banana apresenta boas quantidades de vitaminas do complexo B, vitaminas C e é ótima fonte de potássio.
Valor Calórico: 100 gramas de banana prata fornecem 89 calorias. Realmente é uma fruta bem calórica, que deve ser evitada por quem está fazendo dietas para emagrecimento.
Propriedades Medicinais: Por ser rica em potássio, ajuda a evitar e a regular a hipertensão arterial, principalmente quando o paciente usa diuréticos, e também previne as cãimbras. As bananas maduras são eficientes para controlar a diarréia, ajudam no sono e melhoram o humor.

13 novembro, 2007

Suco de Luz do Sol

Posted in alimentação, comida, comida viva, frutas tagged , , , às 2:38 pm por Marcelo Guerra

07_chc_viv_sucos.jpg

Ingredientes:

1 maçã orgânica picada com casca e sem semente

1 pepino médio

3 folhas de couve ou outra hortaliça verde escura

3 ramos de hortelã, capim limão ou erva cidreira

1 mão de grãos germinados

1 raiz como gengibre ou cenoura

1 legume como batata-doce ou inhame

Como fazer:

Coloque a maçã picadinha no liquidificar e use o pepino como socador até que o primeiro líquidos se forme. Coe e volte para o liquidificador. Acrescente os grãos germinados, as folhas verdes, o legume e a raiz. Coe num coador de pano e beba logo em seguida.

31 outubro, 2007

Melancia para Refrescar o Calor

Posted in alimentação, comida, frutas tagged , , , às 4:16 pm por Marcelo Guerra

watermelonaquafresca1.jpg

Esta é uma receita fácil, rápida e muito refrescante  para estes dias super quentes.

  • 2 copos de água gelada
  • 2 copos cheios de melancia em pedaços, sem casca e sem caroços
  • 1/2 colher de sopa de suco de lima
  • gelo picado
  • adoçar a gosto, com açúcar ou adoçante (eu não colocaria nada)

Bater num processador ou liqüidificador, e tomar enquanto navega no Saúde Alternativa ou no Tecendo a Própria Vida.

Bom apetite!!!

Próxima página